topo :)

24/07/2014

Resenha - Escravas de Coragem


Olá pessoal...Hoje estou muito feliz pois trago uma resenha fresquinha para vocês. Sei que demorei um pouco para postar resenha, peço desculpas pois como sempre eu estava na correia. Mas vamos conferir o que achei do livro? 



Livro: Escravas de Coragem
Autora: Kathleen Grissom 
Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Páginas: 331
Skoob: 5/5
Adquira o livro: aqui

Sinopse: Belle já tinha problemas suficientes preparando a comida da casa-grande e cuidando para se manter longe dos olhos de D. Martha e de seu filho, Marshall. Eles não sabem que, na verdade, ela é filha ilegítima do capitão James Pyke, por isso imaginam o pior em relação à preferência do capitão pela escrava mestiça. Ser responsável por uma menina meio doente que acaba de chegar à fazenda é um tormento do qual Belle não precisava. A garota parece incapaz de reter comida no estômago, mal fala, não se lembra de nada e, às vezes, é até meio assustadora, com sua cara de avoada. Além de tudo é branca e tem cabelos cor de fogo. Mas Belle sabe que, entre as pessoas que a acolheram, a cor da pele não significa nada e por isso acaba recebendo Lavinia de braços abertos. Esse é apenas o início da saga de uma família formada por laços que vão muito além do sangue. Uma história de coragem, esperança, força e amor à vida.

Resenha: Quando comecei a ler esse livro, logo me lembrei de quando era criança e eu lia Pollyana. Um livro muito antigo e não sei se muitos conhecem. Senti saudades. Pois a autora colocou um jeito diferente de escrever a história. Não sei ao certo explicar mas me veio a lembrança de quando eu lia aquelas histórias antigas, de uma garota bonita e inocente que sofria quase que o livro inteiro. Foi exatamente isto que senti.

Nas primeiras páginas me encantei logo pela história. A narrativa da autora é incrível e ela consegue te prender em cada página escrita.

O livro é narrado na primeira pessoa pela personagem Lavínia. Uma menina tão nova e doce. Com uma vida triste pela morte dos pais. E sem saber ela foi separada do irmão e vendida para o capitão James Pyke no ano de 1791. Nesse período o país dos Estados Unidos vivia a era da escravidão (uma sociedade puramente preconceituosa). Lavínia era branca e mesmo assim foi morar juntamente com os escravos e adotou os escravos como a sua legítima família. Viveu até uma boa parte da sua adolescência na casa do capitão aprendendo os serviços domésticos e cuidando das crianças que nasciam na casa. A História é narrada por duas versões, a de Lavínia e a de Belle. Todas as duas versões contadas na primeira pessoa. Belle era a filha legítima do capitão James Pyke com uma escrava. Muitos não sabiam da sua real situação, inclusive a esposa do capitão a D. Martha desconfiava que ela tinha um caso com o seu marido.

Belle também morava com os escravos e teve uma vida muito difícil. Em vários momentos na sua narrativa conseguimos ver e sentir o seu sofrimento. Na verdade a vida foi muito dura para todos, tanto para os escravos quanto para os patrões. Muita morte. Nunca li um livro com tantas mortes na minha vida, a cada 10 páginas morria uma pessoa. Ela escreveu isso com a maior frieza que você pode imaginar. Foi direto ao ponto e em momento algum deu volta para chegar no ponto principal da história. Uma das coisas que também gostei foi que a história em momento algum se tornou previsível. A cada capítulo que você lia, algo novo e inesperado acontecia.

 A autora buscou muitas informações da vida dos escravos e adicionou no livro. Até o linguajar do povo que mora na roça e não tinha estudo ela conseguiu inserir como a língua e a forma de falar dos personagens. Achei isso incrível.

"Este mundo aqui não é a única casa. Este mundo é pra gente praticar, pra fazer as coisa direito". Pag.33

"A família deixa agente forte nas hora de aperto. A gente fica tudo junto, ajudando um ao outro. É esse o verdadeiro sentido da família." Pag.147 

Gostei de muitos personagens e confesso que hoje sinto saudades de alguns deles. Não foi um livro que me fez chorar, mas o meu coração apertou em vários momentos. A história é sofrida, mas é linda. E muito bem contada.

Um livro que recomendo de olhos fechados e dei cinco estrelas com muito gosto. Não tenho nada que reclamar. Parabéns a autora pela bela escrita que me proporcionou e parabéns a Editora Arqueiro que mais uma vez fez um maravilhoso trabalho.


Classificação
                    


Espero que vocês tenham gostado da resenha. E não deixem de ler o livro pessoal. Tenho certezas que não vão se arrepender. Deixem aqui nos comentários o que vocês acharam.

Bjs :)

4 comentários:

  1. Oiee ^^
    Vinha querendo esse livro desde o lançamento dele, mas não sabia se realmente valia a pena comprá-lo. Bom, a sua resenha me tirou essa dúvida...haha' vou correndo adquirir Escravas da coragem. Parece ser forte e emocionante.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii
    O livro parece ser bem interessante. Sem contar que deve conter vário elementos históricos.

    Beijo,
    http://www.pitadadecultura.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Nunca li Poliana e tenho vontade de ler...
    Eu já tinha visto sobre esse livro e tenho vontade de ler, e com a sua resenha me deu mais ainda.
    É muito bom quando lemos um livro e nem pensamos muito e dizemos eu amei, e quando sentimos os mesmos sentimentos do personagens, né?
    beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oie amiga querida, tudo bem com vc?
    Andou sumidinha em?
    Ai amiga, não é só você não, porque também andei um pouco desanimada e acabei dando uma afastada do meu blog para poder descansar. Até as minhas leituras eu dei uma diminuida, porque estava lendo dois livros por vez e agora estou lendo um só e no meu tempo. Acho que chega uma hora que não dá né?

    Outra coisa, estava doida querendo comprar esse livro, mas até hoje não tinha visto nenhuma resenha sobre ele e a sua me ENCANTOU. Gostei bastante de tudo que você falou sobre a história. Acho que é um livro que irei gostar bastante.

    Vou ver se compro alguns dos meus exemplar da Arqueiro na BIENAL DE SP, porque a minha lista está imensa e eu vou aproveitar bastante para poder depois fazer um video para o meu blog, porque já faz tempo que não coloco nada. =/

    Enfim...

    Olha, amiga queria uma ajuda sua, vc por acaso poderia me indicar algum livro chick-lit? Estou a procura, porque estou precisando de livros assim leves para poder descansar um pouco a cabeça. Fico no aguardo.Se cuida e fica com Deus

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado pela seu visita, e pelo seu comentário.
Deixe o link do seu blog se você tiver, que irei seguir com maior prazer.
Deixe também o seu e-mail, que estarei respondendo o seu comentário.
Bjos

© Livros e Marshmallows ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo