topo :)

16/02/2016

Resenha - O que há de estranho em mim


Olá pessoal tudo bem? Hoje trago uma resenha fresquinha para vocês. Espero que gostem!


Livro: O que há de estranho em mim
Autora: Gayle Forman
Editora: Arqueiro
Ano: 2016 
Páginas: 224
Skoob: 5/5
Adquira o livro: aqui

Sinopse: Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.

Resenha: Esse é o segundo livro que leio da Gayle, o primeiro foi “Eu estive aqui”. Quem quiser pode conferir a resenha aqui. Sou completamente suspeita para falar sobre a escrita da autora. Pois amo de paixão.

O que há de estranho em mim é mais um livro envolvendo drama, relacionamento familiar, conflitos e decepções. Nesse livro conhecemos Brit uma adolescente que mora com o pai, a madrasta e um irmão (por parte de pai). Brit vive em pé de guerra com sua madrasta, pois a mesma insiste em dizer que ela tem problema. Na verdade Brit tem sim os seus problemas pessoais mas nada que venha ser prejudicial a qualquer pessoa. Ela é apenas uma adolescente incompreendida.

O seu pai casou-se pela segunda vez desde quando sua primeira esposa (mãe de Brit) foi embora de casa e nunca mais voltou. Então sua atual esposa nunca cansou de encher a sua cabeça com coisas ruins sobre a filha. Até que ele resolve colocá-la em Red Rock uma instituição para adolescentes problemáticos. Achando ele que a filha precisava de um “concerto”. Na verdade ele estava mandando Brit para o pior lugar da fase da terra (um inferno) sem saber que o lugar era dessa maneira. Essa instituição tem vários métodos irregulares de terapia e tratamentos psicológicos que contradizem com a medicina. Mas nem todo mundo sabia disso.

"Que tipo de instituição educacional ia querer que a pessoa não tivesse amigos nem se divertisse pelo menos um pouco? Que tipo de lugar ia querer que a pessoa ficasse sozinha e triste, sentindo-se desprezada, só em nome da terapia?"

E a adolescente se vê sozinha, totalmente perdida e em um lugar totalmente estranho. Foi levada para Red Rock contra a sua vontade, sem ao menos entender o que estava acontecendo. Foi obrigada a deixar a sua banda e os seus melhores amigos. Brit teve sua vida virada de ponta a cabeça da noite para o dia.

Com muita revolta e tristeza no coração Brit resolve tentar viver naquele inferno, e por fim ela conhece V, Bebe, Martha e Cassie; outras meninas que também estão internadas e desoladas em Red Rock vivendo, sobrevivendo e sofrendo naquele lugar horroroso.

Muitas coisas acontecem no decorrer da história e vamos acompanhando cada momento das internas. Vamos sofrendo junto com elas e sorrindo também (pois existem sim alguns momentos de alegria).

O que mais me chama atenção na escrita de Gayle é que ela nos leva a enxergar uma realidade que muita das vezes está debaixo dos nossos olhos e fazemos questão de não enxergar. Ela nos mostra a realidade que vem acontecendo com vários adolescentes que não são compreendidos dentro de casa, que precisam de socorro. E muitos pais resolvem simplesmente fechar os olhos, passar por cima de toda a situação e simplesmente não fazer nada.

Confesso que senti muita raiva do pai de Brit. Mas por um lado consegui em alguns momentos entender a sua atitude (embora não concordando nem um pouco com ela). Na minha opinião ele deveria buscar outro meio de resolver a situação em que estava vivendo.

Tem também a questão da sociedade que ainda continua preconceituosa com a aparência, as escolhas e a forma de viver das pessoas. Isso tudo tem que mudar!

Esse livro para mim foi uma leitura rápida e maravilhosa, ninguém escreve histórias sobre jovens e adolescentes melhor que Gayle. De uma forma simples ela conseguiu expor problemas e situações sérias que ocorrem dentro do vínculo familiar e dentro da sociedade. 

Gostei da história do começo ao fim. Indico e recomendo para todas as idades. Amei tudo nesse livro! A diagramação é ótima, a capa é linda (combina perfeitamente com a história). Parabéns Editora Arqueiro por mais uma vez ter feito um trabalho excelente.

Classificação
                     

Bjs pessoal :)

30 comentários:

  1. Olá!
    Estou super curiosa com esse livro e queria muito. Comprei mas... adivinha? Ainda não deu tempo de ler. Já é uma influência a mais para eu colocá-lo na frente nas prioridades de leitura o fato de você ter gostado tanto e ter dado cinco estrelinhas.
    Confesso que nunca li nada da Gaile, e o outro livro que você leu, Eu estive aqui, também me chamou atenção mas fui adiando a leitura dele.
    E que instituição maluca essa onde a personagem é colocada. Acredito que irei gostar da amizade entre as personagens da clínica, pois esse é o ponto que mais me chamou atenção.
    Editora Arqueiro sempre arrasando.
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  2. Oi apesar de eu ter lixo.alguns livros da Gayle como Se su ficar e para onde ela foi que amei. Estive aqui foi uma decepção para mim ( estava esperando algo mais do livro sei lá).
    Mas a premissa desse livro o que há de estranho em mim me chamou atenção por ser uma história diferente pelo menos do que já li. E como tem dois livros que já li e amei e mais dois livros na lista dela que quero ler, com certeza esss entrou para a lista também.
    Achei sua resenha super bem estruturada. Parabéns.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  3. Olá, Kelly.
    Eu já li dois livros da autora e gostei bastante da escrita dela. Mas pelo que pude ver aqui na sua resenha, que é a primeira que eu leio do livro, a história é bem diferente dos outros livros que eu li dela. Achei que esse é bem mais profundo e com um tema mais delicado. Lembrou um pouco Garota Interrompida, que eu não gostei por sinal, mas esse me pareceu ser abordado de forma diferente. É um livro que entrou para minha lista e assim que der eu vou ler ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bom?

    Ainda não li nenhum livro dessa escritora, mas só ouço elogios! Pelo jeito, nesse livro não seria diferente. Parece ser uma história bem interessante e daquelas que, mesmo depois que acabamos de ler, ficamos pensativos e reflexivos. Realmente é ruim ver que a sociedade ainda se importa de como a pessoa se parece/age. Além disso, eu muitas vezes também entendo a atitude de alguns personagens, mas isso não quer dizer que eu concorde com eles u_u hahaha

    Ótima resenha, me fez ficar com vontade de conhecer o trabalho dessa escritora. Obrigada pela dica.

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. As pessoas adoram essa autora, mas não sei se é para mim. Uma amiga de gosto muito parecido com o meu leu Se Eu Ficar e não gostou, vi apenas o filme e me agradou, mas não tive coragem de encarar o livro.
    Em relação a esse livro da resenha, senti um gostinho de já vi isso antes, inclusive é até um filme. Espero só que a história seja mais original e esse pai ai, ai senho, sei não viu. Já não fui com a cara dele.

    Bjs,
    http://garotasdepapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Kel
    Este foi segundo livro que eu li da autora, e a cada vez gosto mais da escrita da autora.
    Este livro tem um tema muito interessante e gostei da forma que a história se desenrolou.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Sou mega fã da escritora!!! Todos os livros que ela lançou aqui no Brasil, foram leituras maravilhosas para mim e tenho quase certeza que voou apreciar muito esse livro também. espero poder conferir em breve porque estou com muita curiosidade!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Kelly, esse é um livro que eu morro de vontade de ler e conhecer. Desde que eu soube do lançamento eu já fiquei curiosa com ele, pois parece ter o tipo de trama que irá me prender na leitura. Parabéns pela sua resenha muito bem escrita!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  9. Oiii
    Eu não li nenhum livro da autora.
    Mas sempre me interesso pelas capas deles,acho que chama muito a atenção.
    Eu não gosto de personagens revoltados,mas entendo as atitudes deles.
    Sua resenha me fez ficar curiosa,acho que você destacou tudo que gostou do livro e me fez ver que também gostaria dele.
    Obrigada pela sugestão.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Meu amigo está lendo esse livro, e disse que está se decepcionando bastante *-* Eu tenho curiosidade de ler, pois AMO os livros da Gayle, e também amo livros que abordam temas como esse (que me lembra um pouco de "Garota, interrompida"), então vou lê-lo de qualquer jeito...haha' Saber que a leitura foi tão incrível para você me deixou ainda mais animada para ler, espero gostar também ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Kelly!
    Eu desisti de ler qualquer coisa da Gayle por conta de Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi. Não consegui me sintonizar muito bem com os dois livros e a escrita da Gayle acabou me incomodando demais da conta.
    Li muitas resenhas positivas a respeito de O Que Há de Estranho em Mim, a trama parece ser bastante sensível e acredito que, por conta disso, a história seja bem mais reflexiva.
    Mesmo com boas referências, acho que nã oleria ele (pelo menos não enquanto durar esse meu "ranço" com a Gayle). Pode ser que um dia eu mude de ideia, mas por enquanto...
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Nossa Kelly, parece ser um livro bem tenso e denso! bem interessante e sim, já estou odiando o pai da protagonista rsrsrsrsrsrsr

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem??

    Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas sou doida pra conhecer a escrita dela! Só pela sua resenha eu também já não gosto do pai dela... Ele realmente deveria procurar outras saídas. É essa capa? Me apaixonei por ela! Fiquei bem feliz em saber que ela combina com a história... Parece que deixa o livro mais completo :)

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Tentei ler o livro Se eu ficar da Forman e admito que não rolou. Pensa em uma personagem chata e egoísta. Eu realmente não consegui sair das primeiras 70 paginas - e olha que fui muito longe - Mas esse livro O que ha de estranho em mim, parece ser mais agradável. A premissa me agradou muito mesmo, fiquei extremamente feliz e acho que agora vou conseguir ler um livro da Forman até o final kkkkkk
    Achei bacana a autora abordar o tema preconceito com a aparência, isso é extremamente comum nos dias de hoje.
    Adorei a resenha.

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2016/02/parceria-young-editorial-pre-venda.html

    ResponderExcluir
  15. Oi
    Adoro livros com críticas como esse! Aliás, só vejo resenhas positivas acerca dele.
    Forman trabalhou bem os dramas familiares e conquistou a todos. Bom saber que foi uma leitura boa para você. Espero ler em breve!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  16. Oi!!!
    Quero muito ler o livro, não só este mais todos que ainda não li; pois posso dizer que virei fã da autora. Sua resenha não desanimou e mostrou o que entrar nas páginas sem revelar demais e com emoção.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Esse também vai ser meu segundo livro da autora, e eu me apaixonei pela escrita dela em Eu estive aqui, achei uma trama bela e sensível, e o que me encantou nessa obra é que ela segue o mesmo ritmo, tem um tema tocante e intenso. Eu espero muito gostar da leitura, mas pelos seus pontos, acredito que irei mesmo.
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Kelly
    Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da Gayle e eu adorei ter esperado por esse livro ainda que involuntariamente. Pretendo ler os outros livros dela, mas acredito que não irei gostar dos outros tanto quanto gostei desse. Talvez por esse apesar de ser um Young Adult foque em outras coisas que não um simples envolvimento amoroso. Ainda não escrevi a minha resenha da obra, porque ainda não sei ao certo como organizar em palavras tudo o que essa leitura me passou, beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oiee

    Eu estava bem curiosa com esse livro, com certeza quero ler.
    Verdade, às vezes as coisas estão bem debaixo de nossos olhos e não enxergamos e são coisas que realmente ocorrem.
    Gosto muito de livros que trazem dramas familiares como esse.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Esse foi um livro que me interessou aos poucos. A primeira vez que vi, torci o nariz, aí fui lendo uma resenha aqui e outra acolá, até que agora ele já entrou pra minha lista de querências. E a sua opinião só veio reforçar o meu desejo. Valeu pela dica.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  21. Olá Kelly!

    Que bom que você gostou do livro! Eu já li ymas críticas bem opostas sobre esse livro, algumas gostaram outras odiaram.
    Me parece uma premissa muito boa, por lidar com esses tabus que ainda existem na sociedade, mesmo em pleno século 21. Concordo com você, tem que mudar mesmo! E é muito legal ver autoras ajudando na mudança da opinião das pessoas, contando histórias com personagens reais e abordando temas super importantes!
    Achei legal a Gayle ter ido para a Arqueiro. Talvez eu compre!
    Beijinhos,
    Every Little Book

    ResponderExcluir
  22. Oii!!
    Não curto muito livro nesse estilo,acho bem cansativo mesmo e acredita que nunca li nada dessa autora?!! pois é a única coisa que me chama atenção é a capa..achei muito linda,a editora arqueiro sempre arrasa nas capas,mas só isso....infelizmente dessa vez passarei essa leitura.

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/02/resenha-encontrada-carina-rissi.html

    ResponderExcluir
  23. Oiee Kelly ^^
    Acho que essa foi a primeira resenha positiva que eu li desse livro *-* o pessoal anda dizendo que a autora não conseguiu acertar nesse livro, que a história ficou cansativa e os personagens mal desenvolvidos, mas fiquei feliz em saber que você gostou. Me deu uma dose extra de animação \0/ A capa é mesmo linda ♥ parece ser um livro incrível, estou doida para ler!
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oie Kelly!
    Ainda não li nada da Gayle, porém atualmente ela é uma das escritoras que mais tenho interesse em conhecer. Quase todos os amigos da blogosfera são loucos pelos livros dela. Entre todos O que há de estranho em mim é de longe o que mais tenho interesse em ler.
    Simplesmente amei sua resenha! espero lê-lo muito em breve.
    bjs

    ResponderExcluir
  25. Ola lindona eu li Se eu ficar e amei, porém odiei a continuação por esse motivo ainda não descobri como se sentir com relação a escrita da autora, gostei muitos dos temas abordados nesse livro, e a forma como colocou sua resenha destacando os pontos altos do livro. Vou ler com certeza. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Kelly, tudo bem?

    Gostei bastante da sua resenha. Também gostei muito desse livro, li super rápido e é bastante envolvente. Eu já tinha lido dois outros livros da autora, um eu não gostei muito, e outro eu amei, e esse serviu para saber o que eu realmente achava da autora.

    De uma forma leve, a autora consegue expor uma situação tensa e que as vezes não enxergamos. Achei simplesmente horrível os métodos da Red Rock, e saber que pode existir instituições reais assim é de partir o coração. Gostei muito das personagens e da amizade que cresceu entre as garotas, e da forma como elas se uniram para tentar sair daquele lugar.

    Adorei a sua resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  27. Oi.
    Tudo bom?
    Nossa que madrasta mais cretina, problemas com adolescentes é a coisa mais normal, ainda mais quando o pai não vê que tem qe ajudar sua filha e quando resolve fazer, faz burrada, levando-a para o pior lugar possível.
    Adorei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Oi Kelly, assim como você sou suspeita para falar sobre a autora pois sou apaixonada pela maioria de seus livros, mas este foi um choque para mim. Quando comecei a ler não sabia que era o primeiro romance da autora então a narrativa inexperiente me assustou bastante. Problema é que parece que só eu percebi que a escrita da autora estava mais forçada do que os outros livros. Porém concordo com você sobre as críticas a sociedade e os pais que não enxergam ou simplesmente se cegam para os filhos. Gostei bastante da história tbm, mas tive problemas com a narrativa

    ResponderExcluir
  29. Oi.

    Eu quero muito ler esse livro, desde que eu vi os lançamentos da editora e eu li a sinopse, fiquei ansiosa para ler. Sua resenha me deixou com mais vontade ainda de ler, só não leio agora, porque já tenho livros e mais livros na fila de espera e tempo que é bom para ler todos... neca. Mas espero poder ler e gostar muito dele.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  30. :a
    Esse livro já estava na minha lista de desejos, mas depois de ler essa resenha quero ainda mais! Adoro a temática abordada e estou super ansiosa para ler.
    Parabéns pela resenha!
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigado pela seu visita, e pelo seu comentário.
Deixe o link do seu blog se você tiver, que irei seguir com maior prazer.
Deixe também o seu e-mail, que estarei respondendo o seu comentário.
Bjos

© Livros e Marshmallows ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo