topo :)

29/03/2016

Resenha - Enquanto Bela Dormia


Oi gente! Tudo bem?

Hoje eu trouxe esse incrível lançamento da Editora Arqueiro. Enquanto Bela Dormia é uma releitura complexa de um dos clássicos que todos nós já ouvimos quando crianças, mas que Elizabeth Blackwell nos mostra uma versão completamente diferente e apaixonante dessa princesa. 


Livro: Enquanto Bela Dormia
Autora: Elizabeth Blackwell
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 368
Skoob: 5/5
Adquira o livro: aqui

Sinopse: Nos salões de um castelo, uma confidente leal guardou por muitos anos os segredos de uma rainha linda e melancólica, uma princesa que só queria ser livre e uma mulher que sonhava com a coroa. Esta é sua história. Ambientada em meio ao luxo e às agruras de um reino medieval, esta releitura de A Bela Adormecida consegue ser fiel ao clássico ao mesmo tempo que constrói uma narrativa recheada de elementos contemporâneos. Nessa mescla, os dramas de seus personagens um casal infértil, uma jovem que não aceita viver em uma redoma e uma família despedaçada pela inveja tornam-se atemporais. Quando a rainha Lenore não consegue engravidar, recorre aos supostos poderes mágicos da tia do rei, Millicent. Com sua ajuda, nasce Rosa, uma menina linda e saudável. No entanto, a alegria logo dá lugar às sombras: o rei expulsa de suas terras a tia arrogante, que então jura se vingar. Seu ódio se torna a maldição que ameaça a vida de Rosa. Assim, a menina cresce presa entre os muros do castelo, cercada dos cuidados dos pais e de Flora, a tia bondosa e dedicada do rei que encarna a fada boa do conto original. Mas quando todas as tentativas de proteger Rosa falham, é Elise, a dama de companhia e confidente da princesa, sua única chance de se manter viva. E é pelos olhos dessa narradora improvável que conhecemos todos os personagens, nos surpreendemos com o destino de cada um e descobrimos que, quando se guia pelo amor a magia mais poderosa do mundo , qualquer pessoa é capaz de criar o próprio final feliz.

“-Não se deixe enganar pelas maneiras refinadas. Na corte, os inimigos se escondem bem à vista.” –Rainha Lenore, pág 77.

Resenha: história é contada por Elise, que na juventude foi embora de casa ao perder a mãe para uma terrível doença, se aventurando então ao ir trabalhar no palácio real assim como a mãe o fez antes dela nascer.

Não demora muito para a rainha Lenore enxergar em Elise uma lealdade inquestionável, tornando-a então sua criada pessoal, e ao longo do tempo sua amiga e confidente mais fiel. Antes mesmo dessa amizade existir; Elise já lhe era devotada, sempre guardando para si o sofrimento que sua soberana sentia por não conseguir ter filhos. E é dessa dor que a rainha se torna determinada ao recorrer aos encantos e poderes mágicos da tia do rei, Millicent.

“-Sabia que, se meu pai tivesse tido a coragem de Ranolf, Millicent poderia ter sido nossa rainha? Ela era a mais velha, e mais inteligente do que eu e meu irmão juntos. Mas, é claro, as mulheres não podiam herdar o trono.” –Flora, pág 111.

Millicent nutre um ódio e um ressentimento profundo por nunca ter sido Rainha, mesmo sendo a primogênita, e atualmente vive amargurada por não ter nenhuma influencia sobre seu sobrinho, o rei Ranolf, um homem de temperamento e gênio forte. É a partir de seus métodos obscuros que nasce, então, a princesa Rosa.

“Duas forças poderosas tinham se erguido uma contra a outra. E lutas desse tipo só podem terminar em desastre.” –Elise, pág 107.

Porém, nesse mesmo dia houve um desentendimento raivoso entre o rei Ranolf e Millicent, que acabou com ela banida do reino, mas que voltou no dia do batismo de Rosa, e presenteou o rei com uma maldição sobre seu reino e sua filha. E depois desapareceu.

Vemos tudo isso sobre o olhar atento e assustado de Elise, que nos conta que ao longo dos primeiros anos, o rei e a rainha viveram sobre um terrível medo, transformando então o soberano em um homem implacável na luta de proteger sua única filha e herdeira, já que seu irmão, o príncipe Bowen, ameaça tomar a coroa desencadeando uma guerra pela sucessão do trono.

Mas quando todas as tentativas de proteger Rosa de Millicent falham, tentativas que envolviam até mesmo Flora, irmã gêmea de Millicent, que na história atua como se fosse a fada madrinha, e com a guerra se alastrando, resta apenas Elise, que acaba se tornando a única chance de manter a princesa viva em meio a um jardim de carnificina.

“Não sabia que estava destinada a ser novamente parte da história, a estar no centro de acontecimentos terríveis demais para imaginar. E dessa vez eu desempenharia o papel de protagonista.” –Elise, pág 209.

Ao decorrer do livro, nós acompanhamos tanto o crescimento da Rosa, como o amadurecimento de Elise, a perda de sua inocência diante de uma Corte impetuosa, o descobrimento de suas verdadeiras origens e até mesmo laço profundo de amizade que ela possui com a rainha Lenore, sobrepondo tudo na vida de Elise, incluindo seu amor por Marcus, o filho do sapateiro, com quem descobriu o amor real e verdadeiro.

“-Não ofereço meu amor de forma leviana – disse-me com um suspiro deslizando um dedo pela base do meu pescoço. –Ele é seu, Elise, para sempre.” –Marcus, pág 187.

Se têm algo que aprendi com esse livro, é o quão profunda é a dor da perda. Elizabeth é uma escritora maravilhosa, que nos faz sentir tudo que os personagens sentem.

“Tenho vontade de chorar por aquele jovem inocente, que acreditava com tanto fervor que o amor vence tudo. Porque a rainha tinha razão. A evolução do amor quase nunca é suave, e meu caminho viria a ser tornar realmente pedregoso.” –Elise, pág 209.

O livro tem uma pegada de nostalgia que tornou a narrativa simplesmente perfeita, nunca chegando a ser cansativa. Com uma escrita fantástica, Elizabeth conseguiu me prender ao livro de um jeito que eu não esperava. Cada capítulo tem seus devidos títulos, e são narrados em primeira pessoa por Elise que começa a reviver o passado, já em idade avançada, ao contar a história verdadeira da Bela Adormecida para a bisneta, Raimy.

“E, assim, comecei.
                        -Vou lhe contar uma história...” –Elise, pág 10.


À medida que o livro ia chegando ao fim, eu não conseguia imaginar um final feliz, pensei que terminaria de um modo dramático e de partir o coração, mas Elizabeth Blackwell me surpreendeu completamente com seu desfecho.

Juro, que não esperava. Só digo uma coisa: leiam. Não irão se arrepender. Então, sim, e claro, que recomendo a releitura maravilhosa desse clássico formidável. 


A capa do livro é maravilhosa, e não cheguei a ver nenhum erro na gráfica do livro. Adorei também a fonte escolhida para os títulos dos capítulos, não se podia esperar menos da Editora Arqueiro. Um livro que nos mostra a real força que o amor possui.

“Um amor forte o bastante para vencer a morte.” –Elise, pág 358.

Classificação


24/03/2016

Resenha - Rádio Beatles


Hey Leitores! Como estão?

Para hoje temos um livro nacional da escritora parceira do meu Instagram Literário (Sea of Books), Clara Arreguy, que por sinal é uma pessoa atenciosa! 


Livro: Rádio Beatles
Autora: Clara Arreguy
Editora: Outubro Edições
Ano: 2012
Páginas: 190
Skoob: 4/5

Sinopse: Rádio Beatles é uma história humana, de gente como a gente. A trama se desenrola em torno do aniversário de 50 anos de Caio, um engenheiro civil que vive em Muriaé, na Zona da Mata. Casado com Rosa, a namorada da adolescência, eles têm três filhos adultos, João, Paulo e Jorge – o quarto, se viesse, seria Ricardo, já que Ringo se chamava Richard – e ama os Beatles e a música. Toca um violãozinho e tem um amigo, Zezão, que se mantém firme no sonho: não trabalha, mora com a mãe, fuma maconha todo dia e vive de tocar em bailes e festinhas, esperando a hora de lançar o disco, que nunca vem. Rosa prepara uma grande festa para comemorar os 50 anos do maridão. Tudo vai muito bem, até que um fato fora do combinado invade a vidinha da família e altera o ritmo da canção. Caio passa a rever suas escolhas, no que é seguido por Rosa, que vai na mesma levada. Vindo de fora, como um sinal, a jovem Aninha chega para mostrar a todos que o sonho não acabou. Como toda crise, o que oferece de angústia parece prometer em felicidade. Será que fizemos as escolhas certas? Existe outra vida esperando para ser vivida? 

“Se você gosta de Beatles não vai resistir. Quem conhece os textos da Clara Arreguy menos ainda!”

Resenha: O livro Rádio Beatles nos trás a história de Caio, um engenheiro civil bem sucedido de Muriaé e beatlemaníaco, que está enfrentando o que ele considera uma crise de meia idade, ainda mais com seu aniversário de 50 anos se aproximando.



Casado com Rosa há mais de 25 anos, e com três filhos já adultos, Caio leva uma vida “calma, prudente e sensata”, o que ele considera um desperdício.

“Vou fazer cinquenta anos e essas três palavras talvez expressem à perfeição os pecados capitais de uma vida com gosto amargo de desperdício. Ronda-me o desejo de eliminar do dicionário as três. Sopita-me a vontade incontrolável de experimentar o novo.”

Caio almeja algo inédito, diferente... Tudo o que ele quer agora é “chutar o pau da barraca, o balde com tudo dentro, virar as costas para o passado”, pegar o violão e se aventurar mundo a fora como seus filhos corajosos (João, Paulo e Jorge) ousaram fazer.

A palavra beatlemaníaco não chega a descrever com precisão o quanto Caio é apaixonado loucamente por essa banda. No decorrer do livro ele conta a trajetória da banda em um “tom” solene e nostálgico, chegando a nos fazer sentir a dor que ele sentiu com morte de John Lennon.

A história se passa em Muriaé, que fica a três horas do Rio e as seis de Belo Horizonte, e a narrativa da Clara Arreguy nos leva a conhecer o passado de Caio através de suas lembranças ditas, nos transportando aos anos 70, época dos discos de vinil e radiolas, da maconha liberal, das mãos dadas e nada mais, e em que se um cara quisesse respeito precisava de um diploma de médico, advogado ou engenheiro.

Faltando um mês para completar 50 anos, Caio se vê “sufocado” com todos os preparativos que Rosa propôs para a festa, e tudo isso se intensifica mais ainda quando seu filho, Jorge, pede para seus pais acolherem uma garota, Aninha, na casa deles.

“Uma mocinha nova e linda, mas toda machucada, toda ferida. Está em estado de choque. Parece que foi atropelada por um caminhão ou que tomou uma surra ou as duas coisas.”

Caio é apaixonado por Rosa, mas nos últimos dias ele tem se perguntado se seu descontentamento tem algo a ver com ela, e com toda sua relutância em acolher Aninha.

“Rosa tinha humor. Tinha alegria. Tinha calma que até hoje me acalma. Serenava minha ansiedade. Tipo I know this love of mine will never die, and I love her.”

Um dos pontos altos do livro que mais gostei foi como a escritora encerrava a maioria dos capítulos, com uma frase das letras das músicas da banda.



Caio também tem um melhor amigo, Zezão, que parece mais o Peter Pan, se recusando a crescer em seus quase dois metros de altura, mas sempre acompanhou Caio em sua paixão louca pelos Beatles.

“Zezão era aquele amigo que sempre contrabalançou minha trajetória certinha. Ele era o que hoje chamamos mané, simplório e engraçado, mas uma figura.”

A capa é linda e diferente de tudo que já vi. A edição está perfeita!
Com uma pitada suave de nostalgia e humor, Rádio Beatles me “teletransportou” aos anos 70 através da visão de um beatlemaníaco.

Um pouco sobre a autora...

Clara Arreguy é jornalista e escritora. Trabalhou durante 25 anos em redações de jornais, como Estado de Minas, em Belo Horizonte, e Correio Braziliense, em Brasília. Foi cronista da revista Veja Brasília. E tem nove livros publicados, entre romances ("Dia de Sol em Tempo de Chuva", "Siga as setas amarelas", "Rádio Beatles", "Tempo Seco" e "Segunda Divisão"), memórias ("Fafich" e "Cheio de Graça"), contos ("Sonhos Olímpicos") e crônicas ("Catraca Inoperante").
E vocês podem conferir mais sobre ela no site www.clara-arreguy.com

Classificação



18/03/2016

Blogagem Coletiva - Profundo e Intenso




Olá pessoal, tudo bem com vocês?? Hoje venho tratar com vocês um assunto muito importante. Tenho certeza que muitos aqui já ouviram falar sobre a "Vingança Pornô" É um assunto muito sério e muitas pessoas já passaram por isso. Inclusive artistas famosos. Vejam um caso que ocorreu em 2014.


Cantora pop foge para evitar prisão após ser vítima de ‘vingança pornô’ em Uganda



A artista Desire Luzinda está vivendo escondida após a divulgação de uma série de fotos em que ela aparece nua. Luzinda afirma ter sido vítima da chamada "vingança pornô" - a divulgação na internet de fotos de uma pessoa nua sem seu consentimento. O responsável pelo vazamento do material teria sido seu ex-namorado.
O material se tornou "viral" nas redes sociais e foi até publicado em jornais do país. O governo ameaçou prender a celebridade com base em uma legislação antipornografia aprovada no ano passado.
Em entrevista à BBC, ela afirmou que está assustada e que vem se escondendo por temer a reação do público e da imprensa. "Algumas (publicações) mostram compaixão, mas outras me julgam."
"Eu nunca tirei fotos nua. Quando minha mãe me chamou para vê-las, ela perguntou: 'Você estava bêbada, estava drogada? Porque esta não é você'. E eu não tinha uma resposta", afirmou.
Luzinda disse que pretende processar o responsável pela publicação na internet de suas fotos.
Mesmo alegando ser vítima, Luzinda pode ser detida e julgada de acordo com a legislação antipornografia aprovada por Uganda no ano passado.


O ministro da Ética e Integridade, Simon Lokodo, defendeu a prisão da artista. A pasta dele vem sofrendo críticas por usar a nova lei para punir vítimas da "vingança pornô". 

Lokodo afirmou que uma investigação ampla sobre o caso está sendo conduzida pelas autoridades. Disse ainda que quer descobrir quem foi o responsável pela divulgação do material.

Confiram a reportagem completa aqui. Fonte da postagem no site da BBC Brasil. O que aconteceu com essa cantora ainda foi pior, pois o seu país ainda quer processa-la por algo que ela não fez. Não foi ela que postou as fotos na internet. 

No Brasil já temos a Lei Carolina Dieckmann, mas podemos ver que em outros países muitas leis ainda precisam ser aprovadas. 

Vamos ficar esperto pessoal e cuidado com as fotos ou vídeos que fazem de você. Não podemos confiar a nossa intimidade a ninguém. Por esse motivo a Editora Arqueiro está lançando um livro esse mês que aborda exatamente este tema.

Profundo


Intenso


Confiram uma nota da autora
Bjs :)

17/03/2016

Novidades do Grupo Pensamento


Olá pessoal, tudo bem?? Hoje trago mais uma novidade para vocês. Vamos conferir as novidades da nossa editora parceira?




Bjs pessoal :)

11/03/2016

Resenha - Era Uma Vez no Outono


Olá leitores!

”Era uma Vez no Outono”  é o segundo volume da série As Quatro Estações do Amor, sendo o primeiro livro Segredos de uma Noite de Verão (que você pode conferir a resenha aqui).


Livro: Era Uma Vez no Outono
Autora: LIsa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 288
Skoob: 5/5
Adquira o livro: aqui

Sinopse: A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa. Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar. Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?

ATENÇÃO: ALERTA DE SPOILER

Resenha: Sendo a Flor Seca solteira mais velha, Lillian Bowman deve ser a próxima a se casar do grupo, já que Annabelle Peyton... ou melhor, Annabelle Hunt se casou com Simon.

Lillian é jovem divertida, obstinada, de temperamento e gênio forte, que saiu dos Estados Unidos com a irmã, Daisy, em busca de um marido aristocrata britânico. A jovem só não esperava atrair e ser atraída pelo homem que mais despreza, Marcus Marsden, o presunçoso lorde Westcliff.

“Lillian não era a mulher mais bonita que ele conhecia, nem era particularmente educada. Era teimosa e tinha uma língua afiada, e a natureza obstinada dela era mais adequada a um homem do que a uma mulher.”



Marcus é um homem orgulhoso e rígido, que teve uma infância difícil sobre a tutela de um pai bruto e de uma mãe fria. Sendo o último homem a herdar o título de conde de Westcliff e tendo já as duas irmãs, Aline e Olivia, ambas casadas com americanos, cabe a ele continuar com a linhagem “pura” da família, ou seja, precisa se casar com uma moça digna e apropriada que se “encaixe no molde de uma esposa Marsden”.

Essa tensão de ódio e desprezo entre Marcus e Lillian se torna menos densa em uma tarde de outono, quando este flagra (novamente) Lillian jogando rounders com alguns criados e a irmã, Daisy. Lillian logo se prepara para ouvir as censuras do lorde, mas para sua surpresa (e para a minha) ele se junta ao jogo, já que é um típico amante de esportes ao ar livre, e se oferece para ensinar Lillian a rebater melhor.

A partir daí algo forte e profundo começa a florescer no coração de ambos, uma força que já não pode ser mais contida, porém ambos são teimosos demais para admitir.

“-Lillian, acalme-se. Maldição! Lillian olhe para mim! –Wistcliff esperou até ela ficar quieta debaixo dele. –Eu não quero que se magoe.
-Já lhe ocorreu, seu idiota arrogante, que a pessoa que mais pode me magoar é você?”



Nem mesmo Marcus entende sua “inexplicável” reação à jovem americana, porém Lillian tem suas teorias e uma delas envolve um perfume que comprou recentemente, feito de uma refinada essência extraída de uma orquídea chamada Dama-da-noite, Lillian só não contava que o perfume atuasse como um afrodisíaco, atraindo então o conde de Westcliff.

“-Fora isso, quem sabe? Talvez meu destino ainda não esteja traçado. A boa noticia é que seu marido parece estar a caminho.
-Neste caso, o desgraçado está atrasado – retorquiu Lillian.”

Gente, eu li esse livro em um dia, a escrita da Kleypas nos prende do início ao fim. Adorei o romance do livro por não se tratar só de cenas aleatórias que fizeram o casal se apaixonar, e sim de um casal já apaixonado descobrindo que estão mais do que só atraídos um pelo outro... Faz sentindo? Nem eu sei rsrs. Mas é isso. Me diverti muito também das situações em que os personagens se encontravam, e dos diálogos que soaram super espontâneos.

“Quanto a Marcus, havia seguido o padrão característico dos Marsdens... até Lillian Bowman entrar em sua vida com a sutileza de um furacão.”



Creio que além do romance também podemos notar que a escritora aborda temas mais sérios como a crueldade de um pai com um filho na infância, que poderia ter resultado em um filho adulto cruel e sem coração, mas que no livro Marcus se tornou justamente o contrário.

 “Marcus nunca fracassa –disse em voz baixa. –Passou a maior parte da infância aprendendo a superar coisas impossíveis. E agora que enfim encontrou alguém por quem vale a pena lutar... acha mesmo que deixaria algo impedi-lo?”

Porém, o conde tem ainda assim dificuldade de expressar seus sentimentos, pois desde pequeno ele aprendeu que se afeiçoar demais a uma pessoa significava perdê-la para sempre.

“Contudo, Marcus também era um pouco dominador. Bem... muito dominador. Em se tratando daqueles que ama, não hesitava em manipulá-los para fazerem o que ele considerava ser o melhor.”

Dizem que todo romance histórico é um clichê, e eu concordo de certo modo, mas isso não me faz querer parar de ler livros desse gênero, pois eu acredito que em cada romance sempre haverá temas profundos e sérios sendo retratados, e os livros da Kleypas me mostraram que eu estava certa.

“Saber que Lillian estava em algum lugar lá fora, perdida ou talvez machucada, lhe provocava uma emoção desconhecida, ardente como um raio, fria como gelo... um sentimento que identificou como medo.”

Adorei a capa desse livro, ela é simplesmente linda e original, isso sem falar em como dentro do livro também é muito bonito! E a edição está fantástica! Recomendo sim que leiam a continuação dessa série, As Quatro Estações do Amor, por ser muito divertida e envolvente. 

Classificação
                  



10/03/2016

Resenha - Desejo Proibido


Oioi seus lindos!! Hoje trago uma resenha fresquinha para vocês. Vamos conferir o que achei desse livro?



Livro: Desejo Proibido
Autora: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 416
Skoob: 4/4
Adquira o livro: aqui

Sinopse: Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim, pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém, Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.

Resenha: Em “Desejo Proibido” conhecemos a história de Kate. Uma jovem ruiva, linda de morrer e com uma personalidade muito forte (uma mulher autoritária e de opinião). Mas Kat no fundo é uma doce jovem que guarda sentimentos a sete chaves dentro do seu coração. Kat perdeu o seu pai quando tinha 9 anos, ele foi espancado até a morte por bandidos. Isso ficou marcado na vida de Kat e desde então ela decidiu ser uma pessoa que fizesse a diferença no meio da sociedade.

Com o passar dos anos Kat se tornou professora de literatura em um presídio. Aos olhos de todos isso parecia uma loucura, mas Kat adorava o seu trabalho, o que ela não esperava era que iria se apaixonar pelo detento mais rebelde da penitenciária e logo ele se tornaria o seu pior aluno. Wesley Carter esse é o seu nome. Um homem machão, com um gênio muito forte e também lindo. Ah! E tem mais um detalhe: Ele é muito inteligente.

Carter precisa da condicional e Kat decide ajudá-lo a conseguir a tão sonhada liberdade. Mas tudo ira lhe custar um preço muito alto. Kat terá que enfrentar a sua mãe (que é uma mulher metida a besta e cheia de princípios ridículos), terá que enfrentar os amigos (que muitos não conseguem entender e nem concordar com as suas atitudes), terá que passar por cima de todos para viver uma história de amor meio louca e cheia de aventuras. Será que ela vai conseguir? Sendo uma mulher tão forte e geniosa como mencionei logo lá em cima?!

Esse é mais um romance que achei muito clichê e previsível demais. Achei que a autora conduziu a história de uma forma muito fácil e não tão envolvente, contendo muito sexo (eu não curto muito livros hot). Embora o enredo em si fosse bastante interessante não vi em “Desejo Proibido” algo tão proibido assim. Ele não foi um romance que me fez suspirar de amores.

Gostei da narrativa da autora, apenas não gostei da forma em que ela conduziu a história. Adorei os personagens, todos eles com personalidades muito marcantes. Isso fez todo um diferencial na história. Mas na minha opinião Sophie teve muito conteúdo mas não soube desenrolar bem a trama e não soube aproveitar tudo que ela tinha.

A Editora disponibilizou um e-book de um conto da continuação de “Desejo Proibido” chamado “Eternamente Você”. Esse conto relata tudo que o casal passou e ainda vai passar até chegar no terceiro e último livro da série que será lançado no mês que vem. Como já li os dois, pretendo ler o último livro para saber o que a autora pretende fazer com esse casal. Embora não acho que teria necessidade de ser uma série contendo 3 livros. A história poderia terminar perfeitamente no primeiro livro.

O livro é muito bom, mas poderia ser muito melhor. Mas não deixo de dizer que gostei da escrita de Sophie a autora é ótima e escreve bem. A Editora caprichou na capa e em todos os detalhes de diagramação do livro. Amei :)

Classificação

Bjs pessoal :)

05/03/2016

Lançamentos de Março Editora Arqueiro e Sextante # 30


Olá pessoal, tudo bem?? Vamos aos lançamentos desse mês da nossa Editora parceira?? Confiram!!


Um Novo Amanhã


Sinopse: A tradicional pousada da cidade de Boonsboro já viveu tempos de guerra e paz, teve diversos donos e até sofreu com rumores de assombrações. Agora ela está sendo totalmente reformada, sob direção dos Montgomerys, que correm para realizar a grande reinauguração dentro do prazo. Beckett, o arquiteto da família, é um charmoso conquistador que passa a maior parte do tempo falando sobre obras, comendo pizza e bebendo cerveja com seus irmãos Ryder e Owen. Atarefado com a pousada, ultimamente nem tem desfrutado de uma vida social decente, mas pretende mudar logo isso para atrair a mulher por quem é apaixonado desde a adolescência. Depois de perder o marido na guerra e retornar para Boonsboro, Clare Brewster leva uma vida tranquila cuidando de sua livraria e dos três filhos. Velha amiga de Beckett, ela volta a se reaproximar dele ao ajudar nos preparativos da pousada. Em meio a essa apaixonante reconstrução, rodeados de amigos, Beckett e Clare passam a se conhecer melhor e começam a vislumbrar um futuro novo e promissor juntos. Neste primeiro livro da trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta o romântico Beckett Montgomery, que, ao buscar realizar o sonho de sua família, acaba deparando com um amor que pensava estar esquecido.

Uma História Incomum sobre Livros e Magia


Sinopse: Duas meninas encontram um livro mágico e cada uma se vê envolvida numa história que parece ser contada sozinha. Kai chega ao Texas para visitar sua tia-avó Lavinia – uma senhora extravagante, durona e fã de hip-hop. Do outro lado do mundo, no Paquistão, Leila deseja ser tratada como uma princesa pela família de seu pai e viver fortes emoções. Elas só não fazem ideia de que seus mundos completamente diferentes estão prestes a se chocar graças a um enigmático livro em branco. Quando Kai escreve no livro, suas palavras magicamente aparecem no exemplar de Leila. As meninas então percebem que O cadáver excêntrico reage a cada frase acrescentada – não importa se foi inspirada pelo ataque de um chihuahua ou por um mal-entendido com uma cabra – com um trecho da história de amor vivida por Ralph Flabbergast e Edwina Pickle mais de cinquenta anos antes. Uma história incomum sobre livros e magia entrelaça essas três perspectivas – de Kai, Leila e Ralph – de uma forma divertida e emocionante. É uma narrativa mágica sobre o destino e os laços invisíveis que nos ligam uns aos outros.

Caminho das Sombras


Sinopse: Para Durzo Blint, matar é uma arte... e ele é o artista mais talentoso da cidade. Temido por muitos, Durzo é uma lenda viva com as mãos manchadas de sangue e nenhuma culpa pelas vítimas que deixa pelo caminho. Esse mundo sombrio também não é novidade para o jovem Azoth. Sobrevivendo entre becos sujos, ele aprendeu que a esperança é uma piada. Pelas regras das guildas, crianças são agredidas e surradas todos os dias. Tentar contestar essa realidade seria um risco alto demais. Mas quando a morte se torna questão de tempo para ele e seus amigos, Azoth se vê forçado a vencer o medo e agarrar a chance de virar um derramador, um assassino. Ele precisa se tornar discípulo de Durzo Blint. Para ser aceito, o garoto abandona sua antiga vida e abraça uma nova identidade. Ao se tornar Kylar Stern, ele aprenderá a transitar no mundo dos nobres, sobreviver às magias de seus inimigos e cultivar uma amizade muito especial: a da escuridão.

Outlander - Os Tambores de Outono


Sinopse: Neste livro emocionante, repleto de ação, intrigas e detalhes históricos, as barreiras do espaço e do tempo são postas à prova pelo amor de um casal e pela coragem de sua filha em mudar o destino para salvá-los. Será possível alterar o passado? Após tomar a difícil decisão de deixar a filha no século XX e viajar no tempo novamente para reencontrar seu grande amor, Claire Randall tem mais um desafio: criar raízes na América colonial do século XVIII ao lado de Jamie Fraser. Eles partem rumo à Carolina do Norte para encontrar um novo lar e contam com a ajuda de Jocasta Cameron, tia de Jamie e dona de uma propriedade na região. Enquanto isso, em 1969, Brianna Randall se une a Roger Wakefield, professor de história e descendente do clã dos MacKenzie, para encontrar as respostas sobre as próprias origens e sobre Jamie, o pai biológico que nunca conheceu. Em meio às buscas, ambos encontram indícios de um incêndio fatal envolvendo os pais de Brianna. Mas Roger não pode lhe contar isso, porque sabe que a namorada tentaria voltar no tempo e salvá-los. Por outro lado, Brianna também não compartilha sua descoberta, pois tem certeza de que Roger tentaria impedi-la.

Nove Regras a Ignorar antes de Se Apaixonar


Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Série Caroline e West

Profundo


Sinopse: Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão de pessoas que a julgam. Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou. Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.

Intenso


Sinopse: A vida de West Leavitt foi do céu ao inferno em poucos meses. Ele achava que era possível ter um futuro melhor, mas acabou retornando para os dramas diários de sua família. Agora, em meio a uma tragédia, o rapaz não sabe o que fazer para ajudar Frankie, sua irmã caçula. Quando ele está prestes a desmoronar, só uma pessoa lhe vem à mente: a jovem segura e determinada que ele um dia pensou merecer. Longe dali, Caroline Piasecki sonha mais uma vez com West: a pele contra o seu corpo, o cheiro dele, a mão deslizando pela sua barriga... Mas sonhos são apenas sonhos. Ela sabe que o ex foi embora e não vai voltar. Por mais doloroso que seja, Caroline precisa se esquecer do tempo que passaram juntos. Até que seu celular toca e um West transtornado está do outro lado da linha. Sem pensar duas vezes, Caroline vai ao seu encontro. Só que muita coisa mudou desde que eles terminaram. West tenta afastar Caroline de sua vida de todas as maneiras. Ao mesmo tempo, o desejo que sentem um pelo outro parece ter ficado até mais forte no período em que estiveram separados. West ainda sente algo por ela, mas não se considera uma boa companhia para ninguém. Caroline quer estar nos braços de West, mas sabe que deve partir para que ele não sofra. Nesse embate de emoções, eles precisarão encontrar os próprios caminhos e descobrir: por mais intenso que seja o laço que os une, ainda é possível um recomeço?


10% Humano


Sinopse: Há muito mais coisas em seu corpo do que você poderia imaginar. Cerca de 100 trilhões delas, para ser mais exato. Para cada célula humana em nosso organismo, há outras nove impostoras, pegando carona. Você não é formado apenas de carne e osso, sangue e músculo, mas também de bactérias e fungos. Não é um indivíduo, mas uma colônia – um ecossistema. Somos apenas 10% humanos. Até pouco tempo atrás, os micróbios eram vistos como invasores, inimigos, parasitas. Estávamos decididos a exterminá-los. Mas a ciência vem revelando uma história bem diferente: os micro-organismos comandam nosso corpo e evoluíram numa relação de estreita simbiose com os humanos – e é impossível ser saudável sem eles. Neste livro instigante e revolucionário, a bióloga Alanna Collen apresenta as últimas pesquisas científicas e mostra de que forma os micróbios que habitam o corpo determinam nosso peso, o funcionamento de nosso sistema imunológico e até mesmo nossa saúde mental. Além disso, mostra como as doenças modernas – obesidade, autismo, transtornos mentais, problemas intestinais, alergias e doenças autoimunes – teriam uma causa comum: o fato de não estarmos cultivando uma boa relação com nossa colônia pessoal de micro-organismos. Esta nova perspectiva traz uma boa notícia: ao contrário de nossas células humanas, nossa colônia microbiana pode ser alterada para melhor. Depois de 10% Humano, você nunca mais vai enxergar seu corpo – e sua vida – da mesma forma.

Psi-Q


Sinopse: A psicologia tem um objetivo bastante ambicioso: desvendar as motivações ocultas por trás de absolutamente tudo que fazemos. Em Psi-Q, Ben Ambridge nos mostra o que os experimentos conduzidos nas universidades mais prestigiosas do mundo revelam sobre nós mesmos, traduzindo para uma linguagem fácil, acessível e divertida os conceitos mais básicos da psicologia. Com testes interativos, piadas e jogos, você vai identificar os traços marcantes da sua própria personalidade, avaliar sua inteligência e descobrir quais valores morais determinam o seu comportamento. Quando chegar ao fim do livro, vai se dar conta de que passou a se conhecer muito mais e a tentar compreender melhor as atitudes dos outros.

O Ponto de Equilíbrio


Sinopse: “Estar em seu ponto de equilíbrio é sentir-se ao mesmo tempo calmo e energizado, realizado e feliz, forte e tranquilo. Neste livro, a Dra. Christine Carter ilumina o caminho simples e sólido que leva a esse estado precioso.” – Deepak Chopra “Nossa vida é um conjunto de engrenagens de diferentes tamanhos. Em geral, tentamos melhorá-la modificando as peças maiores: casando ou divorciando, mudando para outra cidade ou pedindo demissão. Às vezes é mesmo necessário girar esse mecanismo. Mas as engrenagens maiores são difíceis de mover. Este livro vai ajudar você a mudar as menores, aquelas que correm com relativa facilidade. E, como todas estão interligadas, ao ajustarmos uma engrenagem menor, as maiores também se moverão – e sem esforço.” – Christine Carter Você não precisa abrir mão da carreira para viver sem estresse nem deve sacrificar suas poucas horas de lazer para ser mais produtivo – basta encontrar seu ponto de equilíbrio, um estado em que você é capaz de fazer mais se esforçando menos. Essa foi a conclusão a que chegou a socióloga Christine Carter. Sentindo-se sobrecarregada ao tentar conciliar os papéis de escritora, palestrante e mãe, ela lançou mão de seu vasto conhecimento sobre felicidade e alta performance e testou em si mesma diversas técnicas que prometiam trazer mais eficiência ou mais tranquilidade. Acabou descobrindo que o ideal é unir nossas paixões, nossa vocação e nosso trabalho – três forças que, quando combinadas, nos dão entusiasmo e serenidade para enfrentar qualquer situação. Abordando temas como o excesso de trabalho, a falta de tempo e a distração causada pelo mundo virtual, O ponto de equilíbrio apresenta técnicas para você promover uma mudança significativa em sua vida.

Animorphia


Sinopse: “Libere a criatividade e deixe-se levar por estas ilustrações rebuscadas. Milhares de detalhes se somam para formar uma imagem surpreendente. Afie a ponta do lápis e o seu raciocínio.” – BuzzFeed. Descubra Animorphia, um lugar fabuloso onde criaturas e objetos exóticos se transformam em animais de uma beleza impressionante. Aqui você encontrar ilustrações ricas em detalhes para colorir e completar. Faça as páginas ganharem vida e crie o seu zoológico personalizado. Enfeite os cascos das tartarugas, decore as penas do pavão, embeleze a juba do rei da selva e saia numa busca divertida para encontrar os objetos inusitados espalhados pelo livro. Pegue suas canetas, seus lápis de cor e dê asas à imaginação nesta aventura surreal!

A Cara do Rio


Sinopse: Uma celebração das carioquices e aos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro. O Rio de São Sebastião pelos acontecimentos curiosos, pelos personagens peculiares, pelos bastidores! Com humor e um texto saboroso, Ricardo Amaral, com a ajuda de Raquel Oguri, reconta o que já é conhecido e resgata pequenas grandes histórias que andavam perdidas em esquinas, ruelas e sebos. E constrói, assim, um inusitado painel, mostrando a cara do Rio. Um olhar afetuoso, alegre e crítico e um resgate da memória de cada carioca que está escrita pelas ruas da cidade. Como flaneurs, os autores embarcam com Estácio de Sá e atracam na nova praça Mauá, em um roteiro delicioso por costumes, festas, gastronomia, lazer, arquitetura, cultura, comunicação, política e economia.

Metanoia


Sinopse: A empresa de Lucas está passando por sérias dificuldades. As vendas despencaram, os funcionários estão desmotivados e a equipe gerencial parece estar presa a práticas ultrapassadas. No auge do desespero, Lucas conhece um empresário e é apresentado a uma nova forma de liderança que coloca as pessoas de fato em primeiro lugar. A partir daí ele inicia uma mudança radical na maneira de enxergar seu empreendimento, os negócios e a vida. A cada novo insight despertado nas conversas com outros mentores, o empresário se volta para a própria realidade e vai montando um modelo de prosperidade para retomar o crescimento. Porém, para colocá-lo em prática, ele precisa enfrentar a resistência do sócio e dos outros executivos, que, presos aos problemas do dia a dia, não conseguem ver adiante e não se mostram dispostos a experimentar nada novo.

Assim se Pariu o Brasil


Sinopse: Há mais de 500 anos houve um pequeno povo, oriundo de um minúsculo pedaço da Europa, que descobriu, diz-se por engano, um pedaço da costa sul-americana. E depois mandou para lá mais naus. E mais gentes. Por lá atacou índios e foi atacado por eles, aliou-se a nativos, procriou com índias, trouxe negros da África, procriou com negras, mandou jesuítas pregarem terra adentro, meteu-se em cultivos e garimpos, perambulou pelo sertão, navegou por rios parecidos com o mar. Ainda lidou com a cobiça de outros países europeus sedentos em filar seu quinhão. Tudo isso só poderia resultar em sangue e crueldade, mas bem misturado com coragem e sagacidade. Neste livro, Pedro Almeida Vieira mostra como um “rato” (Portugal) pariu uma “montanha” (Brasil). Com ilustrações de Enio Squff, a obra relata 25 dos mais fundamentais episódios da História colonial. Conhecer isto, por meio da pena de um português, talvez ajude a compreender por que o Brasil nasceu quase sem dramas (ao contrário dos outros países sul-americanos), e depois cresceu assim, como se sabe. A “culpa”, sempre se pode dizer, foi do português, claro. E o autor, português, até concordará.


Bjs pessoal :)
© Livros e Marshmallows ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo