topo :)

18/08/2016

Resenha - As Coisas Que Eu Sinto Só Por Te Olhar


Olá leitores! Tudo bem? Para hoje temos um nacional que gostei bastante!


Livro: As Coisas que eu sinto só por te olhar
Autor: Conrado Muylaert
Editora: Giostri
Páginas: 136
Skoob: 5/5

Sinopse: Luana Sorien é uma jovem cantora e compositora, nascida na França e que vive em Londres, Inglaterra. Já viveu dias melhores em sua carreira e o tédio anda tomando conta de sua vida. Ela então resolve viajar, motivada ainda mais após descobrir fotos que a levam a pensar que é perseguida por alguém que está em todos os lugares nos quais ela também esteja. No Rio de Janeiro ela conhece Lucas, jovem e compositor como ela, e tem início uma grande paixão. Mas obstáculos à felicidade dos dois não faltarão.

“... Só estou dizendo que não se deve antecipar as tragédias e deixar de se arriscar por isso. As tristezas virão também, mas sempre acredito que virá o melhor. ”

Resenha: Luana, é uma compositora francesa de 33 anos, com um passado repleto de assuntos mal resolvidos. Sua vida nunca se manteve constante, sempre teve seus momentos bons e ruins. E é exatamente em um de seus momentos ruins que começa sua jornada.

Ela sente-se entediada, cansada, sem ânimo e sem inspiração para compor. Como estava em época chuvosa, com dias cinzentos, Luana resolve olhar e organizar suas fotos, relembrar momentos que já viveu. Ela sempre gostou muito de viajar, sempre gostou de aventura, por isso já passou por diversos lugares e fez questão de registrar todos esses momentos. Em meio a tantas recordações ela nota algo estranho, em várias de suas fotos há sempre o mesmo rapaz ao fundo em diferentes países.

“E no meio dessa pitoresca análise, percebeu o inimaginável: Em seis fotos, o pano e fundo trazia uma notícia surpreendente. Assustadora, dependendo do ponto de vista. Nessas seis fotos, havia a mesma pessoa como figurante, ao fundo da foto... Só isso era inacreditável. ”

Logo, Luana tem a impressão de estar sendo perseguida, já que o rapaz misterioso está em todos os lugares que ela já esteve. Esse fato a deixa bastante curiosa e preocupada, despertando o seu espirito aventureiro novamente. Sendo assim, ela resolve viajar com o objetivo de reorganizar os pensamentos, dar um UP! na sua vida e, principalmente, descobrir quem é o rapaz misterioso que, aparentemente está em todos os lugares junto com ela, e se continuaria a aparecer.

“Gosto do início, mas depois a coisa estraga... O tempo mostra suas armas, a rotina toma de conta, a paixão esfria, o tédio vai sufocando. Bem, respondendo sua pergunta, vim em busca de inícios.“

Finalmente, Luana desembarca no Brasil e conhece Lucas, um jovem também compositor, alegre, carismático e apaixonado pela vida. E é claro, que um sentimento forte vai crescendo entre eles, algo difícil de ser explicado com palavras. Porém, o ”felizes para sempre” dos dois está longe de acontecer, requer uma longa jornada, cheia de obstáculos e escolhas.

“- Eu te olho, e sou feliz. Eu te olho e me vejo criança. Eu te olho, e as coisas que sinto só por te olhar me trazem saudades de tudo que ainda vamos viver. “

Diante de tantas reviravoltas na sua vida, Luana vai ter que enfrentar a si mesma para poder se libertar e viver a felicidade que tanto buscou. Voltar ao passado e reencontrar todos os seus sonhos que um dia foram deixados para trás.

“Estava novamente visitando o passado. Sentiu-se novamente tola, como se não tivesse superado sua fase pré-adolescente, já que as histórias se repetiam.“

As Coisas Que Sinto quando estava lendo o livro são muito interessantes! Me senti extremamente envolvida com a história, o autor conseguiu transmitir de maneira excelente todas as emoções e experiências vividas pela personagem, despertando em mim todos os sentimentos despertados em Luana. A curiosidade se torna alarmante no decorrer da leitura, muitas dúvidas vão surgindo na mente. Quem é o rapaz misterioso que aparece no fundo das fotos? Por que ele está lá? Sua aparição mudará a vida da jovem compositora?  Irá interferir no destino de Luana e Lucas? Os dois vão ficar juntos ou será mais um relacionamento passageiro?

“Havia a sensação de missão cumprida, mas estava muito angustiada com o ocorrido na sua entrada ao palco. Parecia haver descoberto quem era a pessoa que a perseguia em fotos e que trouxe tantas consequências, para sua vida. Mas o mistério, caso fosse ele mesmo o envolvido, estaria ficando mais absurdo ainda.”

Acredito que um dos pontos ápice do livro são as músicas, a narrativa está repleta de canções, com letras muito bonitas, que representam de forma clara o que se passa no decorrer da trajetória de Luana. Realmente música e literatura casou muito bem, para quem tinha alguma dúvida, Conrado nos prova que é uma junção bastante agradável.

“Eu sei que é difícil de explicar
Se foi a distância, eu esqueço
Se foram só lembranças de um lugar
Pra você, eu guardei
As coisas que sinto só por te olhar...”

As Coisas Que Sinto Só Por te Olhar é um livro divido e três partes, porém curto, com capítulos pequenos. É narrado na terceira pessoa, possui uma linguagem simples, e marca a estréia de Conrado Muylaert na literatura. Sem falar nessa capa muito bonita! Me apaixonei logo quando vi, e representa bem uma parte da história.

Recomendo esse livro para os leitores que gostam de uma leitura leve, envolvente, com amor, mistério e música.

Classificação
                  


Um comentário:

  1. Olá! Já faz um tempo que eu não lei um livro nacional, na verdade nenhum livro tem me chamado a atenção. Porém, fiquei curiosa a respeito da história do livro através da resenha. Irei dá uma chance!
    Bjs!
    http://liiteromas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pela seu visita, e pelo seu comentário.
Deixe o link do seu blog se você tiver, que irei seguir com maior prazer.
Deixe também o seu e-mail, que estarei respondendo o seu comentário.
Bjos

© Livros e Marshmallows ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo