topo :)

18/10/2016

Resenha - Essa Luz Tão Brilhante


Oioi meus amores, tudo bem? Vamos de resenha hoje? Confiram o que achei desse livro. 



Livro: Essa Luz Tão Brilhante
Autora: Estelle Laure 
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 208
Skoob: 5/5
Adquira o livro: aqui

Sinopse: O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.

Resenha: Essa Luz Tão Brilhante nos conta a linda história de Lucille e Wern. Lucille tem 17 anos e sua irmã Wern 10. As duas são obrigadas a enfrentar uma vida muito difícil juntas. O pai sofre de problemas psicológicos e teve que ser internado em uma clinica de tratamento. A mãe mediante a tantos problemas não soube lidar com a situação e da noite para o dia avisa as meninas que vai fazer uma viagem de férias e simplesmente nunca mais volta. É isso mesmo! Ela NUNCA mais voltou. Deixou as filhas sozinhas em casa sem dar muitas explicações e foi embora para sempre.

Lucille achava que tinha uma vida normal e uma família perfeita. E de repente não é bem assim que as coisas funcionam. Os problemas simplesmente desabam em cima de sua cabeça e ela se vê em uma situação que não sabe resolver. Os dias passam, as contas diárias vencem, a comida vai acabando e por ai vai. Lucille ainda tem que enfrentar a situação sozinha sem que as pessoas percebam tudo o que está acontecendo, afinal ela e a irmã ainda são menores de idade e existe um medo muito grande da vizinhança descobrir e denunciar a situação para a assistente social e as duas serem levadas para um abrigo e quem sabe até se separar por causa disso.

"Como é que um dia uma pessoa é um componente de decoração na casa (uma mesa bacana, talvez) e no outro passa a ser os canos, a fundação, a viga central sem a qual toda a estrutura desaba? Como é que uma estrela que mal se nota se transforma no sol?"

Mas na vida existem pessoas que são como anjos da guarda que Deus envia para nos ajudar e cuidar de nós no momento em que mais precisamos. E na vida de Lucille não foi diferente. Lucille pode contar com a ajuda de sua melhor amiga Eden e o seu irmão gêmeo Digby. Os dois estão de prontidão para dar as meninas todo o apoio que elas precisarem. Lucille consegue um emprego em um bar, consegue organizar algumas coisas da casa e tenta viver a vida na melhor maneira possível ao lado de sua irmã. Muita coisa acontece nesse livro e a cada página virada ficamos com o nosso coração bem apertado.

"Explique qual é o objetivo de viver se você não estiver disposta a lutar pelas verdades do seu coração , a correr o risco de se machucar. Você precisa ter fúria."

Quando li a sinopse desse livro não pensei duas vezes em solicitar. Solicitei logo pois a história me chamou a atenção. E comecei a ler a história e me perguntar a cada momento o que faz uma pessoa abandonar duas crianças sozinhas dentro de casa. O pior de tudo é que isso acontece também na vida real. Quantos noticiários assistimos na TV que falam de mães que abandonam seus filhos logo depois de dar a luz. Algumas até deixam em uma lata de lixo. Muito triste tudo isso, mas infelizmente isto também acontece na vida real.

Mas aqui nesse livro encontramos uma história fictícia é claro. Mas também uma história de superação, recomeço, perdão e amor. Me apaixonei tanto por esse livro que parecia que eu estava lendo uma história real. Tomei para mim todas as dores de Lucille e Wern. E sinceramente?! Não sei se teria condições de perdoar a minha mãe por ter feito isso comigo. Sei que a bíblia nos ensina a perdoar, mas viver na pele uma situação dessa tem que pedir muita força a Deus para poder perdoar.

Sei que já estou escrevendo esta resenha como se tudo o que aconteceu fosse verdade. Eu sei que não foi, mas a escrita da autora me ensinou muita coisa. Sem contar que a narrativa é ótima, os personagens são maravilhosos, a história é linda. Amei! Mil vezes amei. “Essa Luz tão Brilhante” tem uma leitura muito simples e fluida. Recomendo a leitura para TODOS pois tenho certeza que você vai se apaixonar assim como eu também me apaixonei.

Se deixar vou ficar aqui escrevendo horrores o quanto gostei desse livro. Mas como eu não gosto de resenhas muito longas, vou parando por aqui mas lembrando a você leitor que vale a pena conhecer a linda história de Lucille e Wern.

Classificação
                   

13 comentários:

  1. Que história trágica! apesar de ter toda a parte da superação, amizade e amor, ainda assim não deixa de ser uma grande tragédia tudo que acontece com elas. Fiquei com o coração apertado só de ler a resenha e não sei se teria condições de ler o livro todo.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Este livro está bastante comentado na blogosfera.
    Acho a premissa bastante interessante e quero muito conhecer a história de Lucille e saber como termina. Ao meu ver, por ter enfrentando tudo, ela é uma heroína.
    Adorei a resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Este livro está bastante comentado na blogosfera.
    Acho a premissa bastante interessante e quero muito conhecer a história de Lucille e saber como termina. Ao meu ver, por ter enfrentando tudo, ela é uma heroína.
    Adorei a resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  4. Pois é, quantas histórias vemos e ouvimos de Pais e mães que abandonam seus filhos, inclusive há aqueles pais que abandonam antes da criança nascer. Realmente, muito triste. O enredo me parece interessante, fiquei bastante curiosa.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro já não é mais novidade para mim, se não me engano, é a terceira resenha que leio sobre ele e cada vez que leio minha vontade de saber um pouco mais sobre a história aumenta. O engraçado, é que cada blogueira transmite a sua visão do livro de uma maneira totalmente diferente! Parabéns pela resenha, eu adorei.

    ResponderExcluir
  6. Oi Kelly, li este livro e por boa parte também fiquei me perguntando como a mãe das meninas foi capaz disso. Mas o que mais me chamou atenção na obra foi a força de vontade da Lucille que foi a luta e conseguiu com a ajuda dos amigos a não desmoronar, sua atitude é maravilhosa e o amor entre as irmãs é um dos pontos fortes do livro, também adorei a leitura

    ResponderExcluir
  7. Oi Kelly.

    Realmente a sinopse deixa com vontade de ler este livro, pois trouxe um fato que constantemente encontramos nos noticiários. Abandono é muito triste e nada fácil. Vou adicionar na minha lista, pois a história é bem interessante.

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. OOi!
    Sempre via essa capa por ai e achava lindaaa, mas nem sabia sobre o que é o livro, ou então não me lembro. Parece ser um livro bem tocante. Sua resenha empolgada me deixou cheia de vontade de lê-lo!
    Dica anotadíssima!!!

    ResponderExcluir
  9. OI Kelly, tudo bem?

    A sinopse e narrativa do livro parecem bem atraentes, descrever dramas adolescentes com pitadas de realidade não é para qualquer um. Não sei se leria o livro no momento, mas colocarei na minha lista de desejados, e se o livro for um terço do que li em sua resenha com certeza o drama valerá apenas e sei que como consequência irei chorar. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Realmente é triste pensar que tem mãe que abandona os filhos mesmo. Quando não é em lata de lixo, é em rios, coisa mais cruel! A trama pelo jeito e bastante sensível e impactante. Fiquei curiosa para ler, adoro histórias de superação. Espero gostar da leitura tanto quanto você gostou.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Kelly! Eu também acho esse livro uma graça! Ainda não li, mas acompanhei muitas resenhas que me fazer acreditar que se trata de uma leitura encantadora! A sua também confirma essa impressão. É tão bom quando um livro nos emociona e ensina. Suas palavras demonstram muito isso. :) Espero ler em breve este bonito!


    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Menina, eu fiquei apaixonada pela capa desse livro, mas não sabia que era sobre uma história tão triste assim.. fiquei aqui pensando como pode uma mãe fazer isso né.. pior que temos casos piores na vida real.. enfim.. gostei da premissa e quero conferir essa história e espero que de tudo certo para essas crianças. Adorei a sua resenha, bem sincera, posso perceber o quanto esse livro é tocante.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi amiga!

    Tem livros que nos tocam de maneiras profundas, realmente a história passa a ter uma carga emocional muito grande em nós e fiquei feliz de saber que Essa luz tão brilhante é tão bom, não esperava que fosse uma leitura tão envolvente assim e sobretudo, tão boa, realmente é uma história comovente e bom saber que a autora soube como transformar o tema e a trama em algo tão profundo!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir

Obrigado pela seu visita, e pelo seu comentário.
Deixe o link do seu blog se você tiver, que irei seguir com maior prazer.
Deixe também o seu e-mail, que estarei respondendo o seu comentário.
Bjos

© Livros e Marshmallows ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo