topo :)

09/10/2018

Resenha - A Luz Que Perdemos

Oioi pessoal, vamos de resenha hoje?


Livro: A Luz Que Perdemos
Autora: Jill Santopolo
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 272
Skoob: 5/5

Sinopse: Lucy e Gabe se conhecem na faculdade na manhã de 11 de setembro de 2001. No mesmo instante, dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Ao ver as chamas arderem em Nova York, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo. Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York. Nos treze anos que se seguem, o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejo, ciúme, traição e, acima de tudo, amor. Lucy começa um relacionamento com o lindo e confiável Darren, enquanto Gabe viaja o mundo. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro. Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados? A Luz Que Perdemos é um romance impactante sobre o poder do primeiro amor. Uma ode comovente aos sacrifícios que fazemos em nome dos ­nossos sonhos e uma reflexão sobre os extremos que perseguimos em nome do amor.

Resenha: Lucy e Gabes são dois jovens com uma vida cheia de aventuras, decisões e escolhas. Eles se conhecem justamente no dia 11 de Setembro de 2001 (data muito marcante na história do país e do mundo) um grande ataque terrorista as Torres Gêmeas de Nova York.

Os dois estudavam na mesma faculdade e nesse dia trágico se conhecem, se beijam e vivem uma paixão avassaladora.

Lucy que inicia a narrativa da história contando a vida dos dois. Ela narra todo o seu sentimento pelo Gabe, tudo que ela viveu e sonha em viver ao lado dele. Um amor cheio de esperanças e inseguranças. A vida e o destino segue o seu caminho. Em muitos momentos pensamos em mudar o rumo da nossa história, mas o destino vem e nos prega uma peça.

O livro tem uma história linda. A autora conseguiu escrever um livro que de fato nos da muita vontade de chorar no final. Eu só não chorei pois estava lendo em um lugar que não dava para chorar, mas confesso que fiquei com um nó na garganta.

Os capítulos do livro são bem curtinho e isso faz com que a leitura flua de uma forma mais rápida. Mesmo sendo uma narrativa simples e uma história cliché, esse livro é maravilhoso e indico a leitura mil vezes, amei a escrita da autora e me apaixonei pela história da Lucy e Gabe.

Não vou me prolongar nesta resenha, pois a história é bem curta e objetiva, não quero dar nenhum tipo de spoiler pois cada acontecimento é de extrema importância.

Espero que tenham gostado.

Beijos 




06/10/2018

Resenha: Os Portais da Casa dos Mortos


Olá pessoal, tudo bem??
Vem conferir comigo, a resenha de um dos livros que mais gostei nesse ano, e que vai fazer você gostar muito de ler fantasia e um calhamaço, tudo de uma vez só!!


Livro: Os Portais da Casa dos Mortos
Autor: Steven Erikson
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 816
Skoob: 5/5

Sinopse:Já se passaram dez anos desde que Laseen tomou o trono com um ardil traiçoeiro, mas, à medida que o Ano de Dryjhna se aproxima, o Império Malazano se vê à beira da anarquia, enfraquecido pelos acontecimentos na cidade de Darujhistan. Muitas das regiões controladas pelo punho de ferro da imperatriz ameaçam acender a fagulha da revolução.No meio do vasto domínio das Sete Cidades fica o Deserto Sagrado Raraku, onde estão os resquícios de incontáveis civilizações extintas há muito tempo. Nesse lugar repleto de segredos e magia, a Vidente Sha’ik e os seguidores do Apocalipse preparam um levante contra o poderoso império, conforme previsto nas antigas profecias.Enquanto as forças convergem contra Laseen, ela reúne um exército de assassinos, feiticeiros e espiões para combater a rebelião e ampliar seu império cruel. Em meio a uma fúria e um poder jamais vistos, o mundo está prestes a mergulhar em uma guerra sangrenta, capaz de mudar os destinos de homens e civilizações, criando lendas que atravessarão os séculos.

Resenha: Quando vi esse livro, imediatamente quis ele para ler, não me atentei que ele era o segundo livro de uma série, mas mesmo assim, deu certo a leitura e não fiquei com a sensação de que algo estava faltando.

Já se passaram mais de dez anos depois dos acontecidos no primeiro livro, aqui vamos ver todos entrando em profundo desespero, já que independente se é mortal ou imortal poderá sofrer as consequências, fazendo jus ao nome do livro, vamos ter mortes, muitas mortes, e de todas as formas possíveis, não importando quem ou como, e nada de passar a mão e fazer uma cena fraca, muito pelo contrário, teremos sangue, muito sangue nesse livro.

Como aqui temos novos personagens foi o que não me fez sentir tanto a necessidade de ter lido o primeiro livro, e vi muitas pessoas dizendo que, esse segundo livro é melhor do que o primeiro, então acho que não perdi muita coisa, mas tenho sim curiosidade de ler ele, já que é livro de fantasia e amo muito esse gênero.

Para os amantes de fantasia, com certeza vai ser um livro que vai te prender do começo ao final do livro, mas não é uma leitura fácil e rápida, ela precisa ser degustada e entendida, conforme vamos entrando nesse mundo que o autor criou e nos deu de presente.

Adorei o livro e com certeza se tornou uma das minhas melhores leituras desse ano, quero muito ler mais livros do autor e se possível dessa série, que com certeza vamos ter muito mais coisas vindo por ai, e claro, esse livro é uma história de alta fantasia, então talvez você mesmo gostando de histórias fantásticas, é capaz de não gostar tanto do livro, mas lembre-se, vale muito a pena a leitura e de uma chance desse calhamaço te conquistar e se tornar um dos seus melhores livros lidos.



© Livros e Marshmallows ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo